Conheça o panorama da indústria gráfica gaúcha

Notícias: Abigraf-RS

25/01/2017 07:06

O Departamento de Estudos Econômicos (Decon), da Abigraf Nacional, apurou dados da indústria gráfica gaúcha e elaborou um mapeamento que traça o perfil da mão-de-obra, do desempenho e da participação do setor no contexto nacional. Ocupando cerca de 3% do território brasileiro, o Rio Grande do Sul gera o quarto maior Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil e é considerado como o segundo polo da indústria de transformação. Na indústria gráfica, isso não é diferente! De acordo com o Relatório Anual de Informações Sociais do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE/Rais), o setor gaúcho reúne 1.695 empresas, sendo 8,5% das 19.999 registradas no país. Além disso, o Estado possui 13.961 dos 199.379 funcionários gráficos de todo o território nacional.

Em relação a 2014 e 2015, a redução no número de colaboradores foi de 2% e a de estabelecimentos gráficos no Estado foi de 6%, próximos da média nacional. Os dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), demonstram que a indústria gráfica gaúcha exportou US$ 29,41 milhões e importou US$ 9,68 milhões em produtos gráficos em 2014, garantindo US$ 19,73 milhões. No ano seguinte, o superávit da balança comercial do setor no Estado  diminuiu, principalmente por conta da valorização do real em relação ao dólar americano. Foram US$ 25,19 milhões em exportações e US$ 7,08 milhões de importações, com saldo positivo de cerca de US$ 18 milhões.

As exportações gaúchas são predominantemente de embalagens. Em 2015, esse segmento aumentou sua exportação de 63% para 69%, em relação ao ano anterior. Em segundo lugar está o ramo dos cadernos, com crescimento de 17% no mesmo período. As embalagens também são as campeãs
de importação, ocupando a primeira colocação com 57% do total na comparação dos dois anos. O segmento das etiquetas, que já representou 28% das importações em 2014, passou para apenas 10% no ano seguinte.

Os dados da Abigraf Nacional revelam que 82% das empresas gaúchas têm até 19 colaboradores, demonstrando que estão próximas à média nacional em relação ao porte. As gráficas no Estado que não possuem funcionários são destaque, com 9,9%. O Rio Grande do Sul figura como o quinto maior empregador da indústria gráfica nacional, com 7% do emprego no setor. Grande parte da mão de obra gaúcha possui ensino médio completo (51%), mas apenas 7% dos trabalhadores completou ensino superior.

Na comparação entre 2014 e 2015, o número de funcionários das empresas do Estado passou de 8,6 para 8,2 trabalhadores por gráfica. A cidade que mais emprega é Porto Alegre, com 2.086 colaboradores, mas a média por estabelecimento é de apenas 8,2 pessoas empregadas. Já o município de Serafina Corrêa possui  66,6 funcionários por empresa, pois conta com gráficas maiores. A maior parte dos estabelecimentos gráficos (22%) estão localizadas na capital do Estado, mas a participação da indústria gráfica nos demais 173 municípios onde existem gráficas é bem significante.

Abigraf - RS
Associação Brasileira da Indústria Gráfica - Regional Rio Grande do Sul

Av. Pernambuco, 2623 - 5º andar
Porto Alegre - RS
CEP 90240-005

Fone (51) 3323.0303
Fax (51) 3346.1920
abigraf-rs@abigraf-rs.com.br

Twitter - Facebook

Desenvolvido por TUA Web Tecnologia